"Cerimônia de Encantamento" em homenagem às vítimas da Covid-19

"Será a nossa forma de rebeldia, de afirmarmos que estamos conectados e que a dor do outro também é nossa"

Redação

Como disse João Guimarães Rosa “O mundo é mágico. As pessoas não morrem, ficam encantadas”. Hoje (11) no canal do YouTube 'RESISTENTES', às 21h, haverá a “Cerimônia de Encantamento” um momento para homenagear as vítimas da Covid-19 e prestar respeito a cada vida que transcende esse plano. Em tempos difíceis é necessário empatia, compartilhar da dor do outro, para que assim possamos caminhar.

Encantamento

Cerimônia de Encantamento 

Somos seres finitos, mas o espírito é eterno. Encantamento de um ser é quando ele se libertou desta passagem absurda e maravilhosa, partindo para o território do mistério. Quando buscamos os sentidos da existência há que ter a compreensão da necessidade deste rito de passagem para a sanidade mental das pessoas e sociedades. Realizar o luto, é provavelmente, a primeira das expressões simbólicas de nossa espécie, estando presente em todas as sociedades, desde os tempos das cavernas. Mesmo em tempo de catástrofe, confinamento e tristeza, defendemos que cada pessoa, cada família e comunidade, tenha preservado o direito a uma despedida digna, a possibilidade de falar com seus entes queridos em hospitalização, bem como ao luto coletivo, mesmo que em forma virtual.

Em tempos sombrios, a beleza e a generosidade salvam, um encontro para falarmos do bom legado daqueles que se foram, sejam pessoas próximas ou não. Será a nossa forma de rebeldia, de afirmarmos que estamos conectados e que a dor do outro também é nossa. E que cada pessoa que partiu continuará viva em nossa memória, em nossas buscas e sonhos. Não nos rendemos!

As vítimas da peste não podem ser esquecidas em uma vala comum, por isso a nossa vela pelo luto em homenagem a elas. Um luto a acender o Brasil em encantamento.

Equipe

DIREÇÃO E PRODUÇÃO: @lucianaservulo

APRESENTAÇÃO: @sergiomamberti

TEXTO: @celioturino

MÚSICA : Benjamim Taubkin

ARTE: @fernanda.castanho

PRODUTORA ASSISTENTE: @Cecilia Lorenzo

PESQUISA: Arthur de Souza