Pra ouvir e ouvir e ouvir e ouvir 

Por Cecília Santos
HAIMIrmãs Haim, porque tão maravilhosas?
 
As californianas mandaram muito bem depois de um Something to Tell (2017) bem mais ou menos. O crédito também vai pro ex-tecladista do Vampire Weekend, Rostam Batmanglij, produtor, compositor adjacente e braço direito das sistas.
 
O clipe do Paul Thomas Anderson, parceiro de longa data das garotas, é tão legal quanto a música. Pode apostar. Vale ver e rever especialmente para quem, como eu, é fã de videos com historinhas.
 
Mas o lançamento do single ou do clipe não são as novidades aqui. Convenhamos. Essa coluna não serve pra isso. Isso vocês já leram nas redes sociais e em mil diferentes perfis no Instagram. Esta coluna serve pra eu dizer coisas como, sendo euzinha adapta da religião ÁLBUM INTEIRO, raramente me pego escutando a mesma música no repeat.
 
Por motivos que vão desde enjoar facilmente, ao fato de que um disco faz muito mais sentido se escutado como o conceito em que foi criado. Sou meio chata e não gosto nem de ficar passando de faixa.
 
'Lemonade' da Beyonce é o caso certeiro de álbum que tem um impacto gigante se você ouve do início ao fim. Óbvio que as canções são ótimas quando escutadas avulsas, mas se você dá play em 'Pray you catch me' e termina com 'Formation' é quase que uma contemplação da sua vida em cinquenta minutos.
 
Mas os discos lançados como unidades tão morrendo né? Tem artista que fica até cinco anos divulgando single e não joga nem um álbum novo nos streamings. Gente que faz feat, collab, grava música com pseudônimo, mas não aparece com onze cançõezinhas pra gente dar play de uma vez. Então, o jeito é repensar como a gente consome a música.
 
Os singles são ótimos e funcionam como um warm-up pra nossa expectativa. Voltando as Haim, em 2017, quando saiu o último disco de Danielle, Este e Alana, 'Want to back' foi a primeira música a ser divulgada. É uma boa faixa, mas deu o tom do álbum que acabou não sendo lá essas coisas.
 
Erramos também? Várias vezes. Lembro quando em 2011 o Strokes divulgou 'Under Cover the Darkness' e nossos corações se encheram de alegria. E dai veio o 'Angles' e a gente enterrou nossas esperanças. Acontece também. Mas eu quero acreditar que quando a gente começa com o pé direito...
 
Enfim, digo tudo isso só pra dizer com DESTAQUE que apesar de eu ser uma insuportável, se você gostou de uma música escuta ela quantas vezes for preciso. Prometo que não vou mais falar nada. Quando o álbum sair você ainda vai ter no mínimo umas dez faixas pra encarar, absorver e até enjoar também. Só coloca o fone pra quem tá do seu lado não ter que aturar uma vibe que não é a sua, seja bonzinhx.
 
Pra finalizar, eu não tenho furo algum e não sei se vem álbum novo das Haim por ai. Eu acho e espero que sim. Com esse aninho que estamos tendo, a gente tá merecendo muito um verão com essa trilha sonora. Enquanto isso não acontece eu não consigo parar de ouvir E CANTAR 'We cannot be friends/Cannot pretend/That it makes sense/We cannot be friends/Cannot pretend/That it makes sense'
 
Dá seu play e já habilita o repeat. Confia.